A importância da respiração durante o seu treino

Um erro muito comum entre novatos e, até mesmo, entre os ratos de academia é não dar a devida atenção à respiração, que é uma grande aliada para todo mundo que pratica esportes.

Por que a respiração é essencial no treino?

Simples: respirar regularmente melhora o desempenho no treino, porque o corpo necessita de uma ventilação maior, ou seja, uma carga grande de oxigênio, para se manter funcionando adequadamente.

Quando se prende a respiração durante a realização da série de exercícios é comum sentir dores, que nada mais são do que sinais do corpo que indicam que algo está errado e é preciso regular os níveis de oxigênio do organismo.

O grande problema da dor é que ela atrapalha a performance como um todo, sendo difícil continuar e finalizar o treino, retardando a conquista de resultados de definição muscular ou emagrecimento, por exemplo.

 

Cardio running workout - Upper body closeup crop of unrecognizable woman runner in fast motion showing pink sports bra activewear clothing in ocean beach nature background.

Como respirar durante o treino?

Há mais de um tipo de respiração e conhecê-las é importante para saber aplicá-las corretamente durante a realização dos exercícios físicos:

– Respiração continuada: também chamada de respiração livre, esse tipo corresponde ao inspirar e expirar natural realizado no dia a dia, quando não se pratica exercícios.

A respiração continuada pode ser aplicada em exercícios de menor intensidade e força, já que não se exige muito do corpo durante a realização de treinos mais leves;

– Respiração ativa: é o tipo comumente feito durante o treino. Nela, a pessoa inspira quando faz um movimento de força e expira ao finalizá-lo. Essa variante permite um melhor controle sobre a respiração, mantendo-a equilibrada durante toda a série.

Curiosamente, a respiração ativa é indicada para quem faz treinos de força / musculação ou praticantes de atividades de maior intensidade, que exigem mais esforço físico.

Um detalhe importante sobre a respiração ativa é que o inverso dela, ou seja, a passiva, também é válida durante o treino. O essencial é manter sempre uma boa ventilação do organismo, não importa qual a ordem a inspiração e expiração;

– Respiração bloqueada: conhecida também por apnéica, esse é um tipo que deve ser evitado por qualquer pessoa, porque se prende a respiração durante o exercício.

Quando faz isso, provoca-se um aumento da pressão sanguínea, além de gerar dores pelo corpo e fadiga precoce, tornando a prática esportiva insuportável. O correto é adotar uma respiração ativa, para evitar esses resultados indesejados.

 

shutterstock_538505989

 

Lembre-se sempre que o oxigênio é um dos fatores que ajudam a manter a consciência, inclusive a converter gordura e carboidrato acumulado no músculo em energia. Se bloquear a respiração, esses processos serão prejudicados.

É correto respirar pela boca durante o treino?

A respiração pela boca não está errada, porque o corpo é mantido oxigenado durante o exercício, mas ela também não é a ideal. O melhor é sempre respirar pelo nariz, porque o ar chega ao pulmão aquecido e filtrado.

Caso tenha dificuldade de respirar pelo nariz durante o treino, uma boa dica é tentar pelo menos inspirar pelas narinas, para que esse processo de aquecimento e filtragem seja realizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *